CONTATO

Entre em contato pelo telefone
(11) 3093-7333, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h; pelo
e-mail atendimento@soudapaz.org, ou envie uma mensagem por meio do formulário a seguir:


Assessoria de Imprensa

Izabelle Mundim
izabelle@soudapaz.org


Desejo receber as newsletters do Instituto Sou da Paz.

NOTÍCIAS

Nota pública: Instituto Sou da Paz manifesta repúdio à operação no Complexo do Salgueiro e convoca o STF a agir

23 de novembro de 2021 às 10:02

Comunidades pobres e periféricas do Rio de Janeiro são mais uma vez o palco de brutalidades que não têm lugar no Estado Democrático de Direito. Desta vez, lamentamos a morte do sargento da PM Leandro da Silva, ocorrida no último sábado, 21 de novembro no complexo do Salgueiro, São Gonçalo (RJ). No dia seguinte, uma operação do BOPE (Batalhão de Operações Especiais) é realizada na mesma região, resultando em ao menos 8 corpos retirados pela própria população de um mangue próximo. Não há informações oficiais sobre a preservação dos locais das mortes, perícia ou qualquer tentativa de socorro.

As mortes de agentes do Estado são graves e devem ser investigadas e responsabilizadas prontamente, mas não ao arrepio da lei. A sociedade deseja e precisa de uma polícia profissional e legalista, e não pode conviver com a lógica de vinganças conduzidas por servidores públicos, que não apresentam suspeitos aos tribunais, mas aplicam a pena capital em mangues e outras regiões vulneráveis das cidades

Nesta semana está marcado o início do julgamento da ADPF 635 pelo plenário do STF. Conhecida como ADPF das Favelas, a ação contesta justamente o modelo de segurança pública adotado pelo Estado do Rio de Janeiro, caracterizado por operações de guerra em áreas densamente povoadas por mulheres e homens negros (as) e pobres, vítimas prioritárias da violência gerada por essas operações. Não há atuação policial técnica e profissional que resulta em dezenas de mortos e mulheres e crianças atingidas aleatoriamente. Que o Supremo determine ao estado do Rio de Janeiro que seja cumprida a Constituição a partir desta quinta-feira.

QUER FAZER PARTE?

APOIE O SOU DA PAZ

A Paz na Prática acontece com você.

#SouDaPaz

Participe das nossas redes sociais