CONTATO

Entre em contato pelo telefone
(11) 3093-7333, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h; pelo e-mail atendimento@soudapaz.org, ou envie uma mensagem por meio do formulário a seguir:


Assessoria de Imprensa

Izabelle Mundim e Rayane Figueiredo
imprensa@soudapaz.org


Desejo receber as newsletters do Instituto Sou da Paz.

NOTÍCIAS

Prorrogado até 18/07: Inscreva-se na edição Sul do Programa de Jornalismo de Dados de Segurança Pública, promovido pelo Instituto Sou da Paz

27 de junho de 2022 às 04:08

Podem se inscrever até 18/07 comunicadores e jornalistas de veículos independentes e locais dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Estão abertas as inscrições para a 4ª edição do Programa de Jornalismo de Dados de Segurança Pública e Direitos Humanos, voltado exclusivamente para jornalistas e comunicadoras/es independentes, locais, que atuam ou cobrem periferias dos estados da região sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) e possuem interesse em aprender a obter dados abertos e via Lei de Acesso à Informação para a cobertura jornalística de segurança pública em seus territórios.

Acesse todas as informações no regulamento

Inscreva-se até 18/07!

O programa, que será desenvolvido de forma virtual, síncrona e remota, é composto por quatro dias de oficinas expositivas e práticas (nos dias 28 e 29 e julho e 04 e 05 de agosto) sobre como acessar dados abertos de segurança pública em nível nacional e local, como obter informações por meio de pedidos utilizando a Lei de Acesso à Informação (LAI).

Ao final do ciclo, é oferecido um programa de mentoria em que participantes irão trabalhar uma proposta de pauta a seu critério com base na coleta ou solicitação de dados. Para isso, contarão com o apoio e assessoria da equipe técnica do Instituto Sou da Paz e receberão atendimento individualizado para acessar dados públicos ou sigilosos para construir um conteúdo jornalístico a ser publicado no formato e na mídia de seu coletivo.

Será oferecida uma ajuda de custo de R$300 para participantes que declararem interesse e cumprirem todas as etapas.

Sobre o Programa

Desde fevereiro de 2021, o Instituto Sou da Paz realiza o Programa de Jornalismo de Dados de Segurança Pública e Direitos Humanos com apoio da organização National Endowment for Democracy (Fundo Nacional pela Democracia) dentro do projeto que pretende debater a importância de defender uma segurança pública democrática e fortalecer o trabalho de jornalistas de jogar luz aos aspectos autoritários e anti-direitos humanos das políticas de segurança pública atuais e pautar a construção de uma segurança pública baseada na democracia e dos direitos humanos.

Desde o início, 60 comunicadores das regiões Centro-oeste, Norte, Nordeste e Sudeste passaram pela formação e ao final construíram reportagens que pautaram melhores políticas públicas de segurança com base em dados e evidências em seus territórios.

Confira depoimentos de quem participou:

“Participar de formação com o Instituto Sou da Paz foi uma experiência enriquecedora e poder produzir matérias com a mentoria dos profissionais do Instituto foi melhor ainda. O conhecimento que eles têm em ferramentas e em legislação me proporcionaram outro olhar sobre vários aspectos, inclusive LAI”

Igor Rocha, do portal Notícia Preta (Belo Horizonte – MG), participante da 1ª edição do Programa, com comunicadores do Sudeste

“Com o curso, consegui realizar minha primeira solicitação de dados via Lei de Acesso à Informação, algo que já queria saber fazer para aplicar no meu dia a dia enquanto jornalista e podcaster. Além disso, aprendi a extrair dados de base de dados públicos que agora utilizo de forma recorrente. A minha experiência foi muito gratificante e saí do curso com as expectativas superadas tanto pelos aprendizados, quanto pela troca de conhecimento com o pessoal do Instituto e com as pessoas de outros coletivos e veículos que participaram da minha turma. Fiquei muito grata pela oportunidade!”

Aldenora Cavalcante, do Malamanhadas Podcast (Teresina – PI), participante da 2ª edição do Programa, com comunicadores do Nordeste

“Muitas coisas que aprendemos com as oficinas do Instituto Sou da Paz não estão nas disciplinas da faculdade. E entender mais sobre dados, onde encontrá-los, como relacioná-los ao nosso dia a dia e ao processo de violência no país, especialmente no atual contexto brasileiro que, muitas vezes, não prioriza os fatos, é extremamente fundamental para realizarmos um jornalismo profundo e com embasamento”.

Ludmila Almeida, do Favela em Pauta (Goiânia – GO), participante da 3ª edição, com comunicadores do Centro-Oeste e Norte

Além do programa, comunicadores participantes que se interessarem podem fazer parte de uma rede formada por jornalistas de todas as edições voltada para a troca de experiências e intercâmbio de informações sobre cobertura jornalística e transparência de dados de segurança pública.

Atua em um dos estados da região sul e se interessou? Inscreva-se até 18/07 e venha fortalecer esta rede!

QUER FAZER PARTE?

APOIE O SOU DA PAZ

A Paz na Prática acontece com você.

#SouDaPaz

Participe das nossas redes sociais