Voltar

26/01/2015

Sou da Paz se despede do Espaço Criança Esperança na Brasilândia

Quase 15 anos marcam a parceria do Instituto Sou da Paz e Rede Globo no Espaço Criança Esperança (ECE), em São Paulo.

Concebido como um centro de referência para o atendimento de crianças, adolescentes e jovens das periferias de grandes centros urbanos, o ECE buscou o fortalecimento das comunidades nos locais onde foi implementado.

O projeto, que no início contou também com a parceria da Unicef e Governo do Estado, começou no Clube da Turma M´Boi Mirim. Localizado no Jardim Ângela, zona sul de São Paulo, o ECE operou entre os anos de 2001 e 2004 promovendo a inclusão social de adolescentes e jovens por meio de oficinas de rádio, vídeo, jornal e produção musical, assim como a implementação de propostas e metodologias inovadoras para o desenvolvimento e articulação comunitária.

MINIATURA_YOUTUBE

Mudança para a Brasilândia

Em novembro de 2005, o Espaço Criança Esperança São Paulo foi transferido para a Brasilândia, zona norte da Capital, e iniciou suas atividades no Clube Educacional Esportivo Oswaldo Brandão da Prefeitura de São Paulo.

Com a nova parceira, UNESCO, o projeto promoveu ao longo dos anos atividades de cultura, lazer e esporte visando o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens. Também fomentou o desenvolvimento e articulação de iniciativas e coletivos juvenis, promovendo a apropriação comunitária do espaço público e o desenvolvimento de suas atividades.

A co-gestão do Clube com o Instituto Sou da Paz proporcionou que o local se tornasse um espaço de convivência da comunidade, permitindo sua apropriação de forma diversa e democrática.

Em 2012, após esforços e articulação da comunidade local em conjunto com Instituto, o equipamento municipal entrou em reforma, financiada pela Prefeitura, e ganhou novas quadras cobertas, arquibancada, vestiários, auditório, salas para esportes e atividades indoor, pista de skate e área para evento. Além de um novo campo de futebol com grama sintética, que está sendo finalizado este ano.

Resultados

Outra grande contribuição do Espaço Criança Esperança São Paulo foi o trabalho de fortalecimento da rede de proteção social local, por meio de articulações comunitárias e com os serviços da rede de garantia de direitos da Brasilândia.  Como exemplo, o apoio na articulação do Grupo de Trabalho Intersetorial (GTI), que atua na supervisão e qualificação do fluxo de atendimentos de serviços públicos disponíveis.

O Espaço Criança Esperança se despede da Brasilândia com um grande legado para a comunidade local. Para Rodrigo Pereira, coordenador da área de prevenção do Instituto Sou da Paz, “a Brasilândia conta hoje com um espaço público mais equipado, seguro e disponível para uma gestão mais participativa e comunitária. O trabalho desenvolvido com as lideranças e grupos juvenis permitiram o fortalecimento social junto ao poder público. Além disso, o GTI continuará seu trabalho e permitirá a qualificação dos atendimentos a comunidade.”

O Instituto Sou da Paz permanecerá atuando na região da Brasilândia, agora com o foco no sistema socioeducativo, por meio de projetos vinculados à qualificação do atendimento e inserção do adolescente em conflito com a lei.