Voltar

01/11/2006

Sou da Paz fortalece atuação internacional na área de controle de armas

foto2_materia_denisClaveEm novembro de 2006, o Instituto Sou da Paz esteve em Montevidéu, Uruguai, para reforçar sua atuação pelo controle de armas na América Latina. Nos dias 7 e 8, esteve na 2ª Assembleia Geral da Coalizão Latino-americana para a Prevenção da Violência Armada (CLAVE) que reúne as principais ONGs latino-americanas no âmbito da segurança pública e controle de armas.

Representado pelo diretor executivo Denis Mizne e pelo coordenador de políticas da área de controle de armas Daniel Mack, o Instituto Sou da Paz participou ativamente da redação do Estatuto do CLAVE, da construção de sua nova estrutura operativa e dos planos para as atividades de trabalho em 2007.

Lançada em abril de 2006 em Bogotá e com representantes de todos os países da América Latina, a CLAVE reafirmou seus esforços nas áreas de pesquisa, campanhas, “advocacy” e legislação, servindo como instrumento de preparação de diagnósticos sobre a violência armada, sensibilização do público sobre o problema, cooperação em foros internacionais como as Nações Unidas, e harmonização e melhora das legislações sobre armas na América Latina.

Na eleição da nova liderança, o Instituto Sou da Paz foi a única instituição reeleita para a Coordenação do CLAVE, confirmando a ênfase do Instituto em questões internacionais e sua crença na natureza supranacional das causas e repercussões da violência armada. 

Nos dias 9 e 10 de novembro, também em Montevidéu o Sou da Paz esteve presente na reunião do Foro Parlamentário sobre Armas Leves, que reúne parlamentares da América Latina, Europa e África com representantes da sociedade civil global para discutir assuntos relacionados ao controle de armas leves e a prevenção à violência.