Voltar

18/06/2015

População participa de campanha itinerante de entrega de armas

campanha_soudapaz_2015A população de São Paulo aderiu à Campanha de Entrega Voluntária de Armas e Munições deste ano. Entre os dias 11 e 29 de maio, mais de 60 armas foram entregues de forma voluntária para destruição. A iniciativa promovida pelo Instituto Sou da Paz em parceria com o Gabinete de Gestão Integrada Municipal e a Guarda Civil Metropolitana (GCM) teve como tema o alto risco de acidentes com armas de fogo que geram ferimentos ou até mortes de crianças e adolescentes dentro das residências.

Para atrair o público, a Coordenadoria de Análise e Planejamento da SMSU (CAP) realizou um estudo elencando locais estratégicos, de alta circulação de pessoas, em três diferentes regiões da cidade. No total foram 66 armas recolhidas, confira o resultado de cada bairro: 

Vila Mariana

Largo Ana Rosa

11 a 15 de maio

20 armas

Mooca/Tatuapé

Praça Silvio Romero

18 a 22 de maio

29 armas

Santo Amaro

Praça Floriano Peixoto

25 a 29 de maio

17 armas

Além dos pontos provisórios instalados em bases móveis da GCM, os postos permanentes de entrega de armas também tiveram maior adesão da população. “Os números são crescentes, o que traduz uma mudança cultural significativa no que tange à importância da entrega voluntária de armas e munições.  Somente em maio, a GCM recebeu, em seus 35 postos fixos, 110 armas em comparação com uma média mensal de 77 em 2014”, diz Angélica Molina, Secretária Executiva do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M). 

“A Guarda Civil Metropolitana, por meio do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), tem uma atuação destacada dentre todas as entidades que recebem armas na capital. Os números de recebimento pela GCM, somente na cidade de São Paulo em 2015, representam 22% do total de entregas voluntárias no Estado de São Paulo, sendo estas superiores às entregas de 25 outros estados mostrando que os municípios podem dar uma contribuição muito relevante para a segurança pública participando e incentivando a entrega voluntária de armas”, comenta Bruno Langeani, coordenador de Sistemas de Justiça e Segurança Pública do Instituto Sou da Paz. 

Campanha em São Paulo

A cidade e o estado de São Paulo historicamente se destacam pela adesão à campanha, assim como pela importante queda no número de homicídios nas últimas décadas. Até o fim de maio deste ano os paulistas já entregaram 2.208 armas estando em primeiro lugar no ranking de entrega entre estados, mesmo se calculada a taxa de entrega por habitante. 

Ao todo são 170 postos permanentes na capital e 681 por todo o estado. Neste link você encontra a relação completa de todos eles, instruções para transportar a arma a ser entregue de forma segura e pode imprimir a guia de trânsito, que também está disponível para retirada gratuita em todos os postos. 

Para mais detalhes da campanha clique aqui ou ligue 153.