Voltar

30/06/2014

Instituto debate controle de armas na Espanha e Suécia

foto_mack_sueciaO Instituto Sou da Paz participou de dois seminários internacionais sobre controle de armas na última semana: em Barcelona (Espanha) no dia 26, e em Visby (Suécia) no dia 29. Os eventos trataram de instrumentos – existentes e futuros – para a prevenção da violência armada no mundo, que mata mais de 500 mil pessoas anualmente.

Em Barcelona, o analista sênior Daniel Mack participou da mesa redonda “Desarmamento: vitórias e desafios”, organizado pela Fundació per la Pau. O foco da apresentação foi o Tratado de Comércio de Armas (Arms Trade Treaty), aprovado pela ONU em abril de 2013, e que visa regular o bilionário mercado de armamentos no mundo, coibindo, por exemplo, vendas irresponsáveis para países em conflito ou graves violações aos direitos humanos.

Mack ressaltou que “sem o impulso da sociedade civil, o Tratado de Comércio de Armas simplesmente não existiria hoje”. Até o momento o Tratado foi ratificado por 41 países, dos 50 necessários para que o acordo entre em vigor. Embora o Brasil tenha assinado o Tratado já em junho de 2013, o Poder Executivo ainda não enviou o instrumento para a ratificação no Congresso Nacional.

Já na Suécia, Mack participou do seminário “Small weapons, big problems: What can we do to stop the world’s deadliest weapons?”, organizado pela SweFOR. No evento, que fez parte da semana “Almedalen”, o principal evento político anual do país escandinavo, foi discutido o que países podem fazer para reduzir os índices de mortes por armas de fogo nos próximos anos.

Durante sua exposição, Mack apresentou vários pontos da recente publicação "What Next?", com recomendações sobre como a sociedade civil internacional pode reduzir os níveis de violência armada no mundo.

Clique aqui para assistir ao seminário (em inglês).