Voltar

30/06/2014

Instituições trocam experiências sobre violência e juventude

foto_losangeles_conferenciaO Sou da Paz esteve nos dias 5 e 6 de junho em Santiago, no Chile, para conhecer o "Proyecto Pasos: caminhando juntos, construindo o futuro". A iniciativa é uma experiência piloto de uma política pública voltada à reinserção de jovens egressos do sistema de medidas socioeducativas.

O projeto foi estruturado a partir dos resultados do estudo "Desenho de um modelo integral e multidimensional de acompanhamento pós-sanção para adolescentes infratores", que identificou os principais desafios para construir um modelo de reinserção efetivo, possível de ser replicado e avaliado, e que tenha ênfase no protagonismo dos adolescentes.

"O Brasil ainda tem pouquíssimas experiências positivas na reintegração de jovens egressos e foi importante conhecer ações bem sucedidas de políticas públicas e de instituições chilenas que trouxeram insumos para nosso trabalho e para fortalecer nossa articulação com os demais países da América Latina", afirma Beatriz Miranda, analista sênior do Instituto.

Em setembro o Sou da Paz realizará o II Encontro de Trocas de Tecnologias Sociais, quando será possível conhecer metodologias de projetos e programas de atendimento de adolescentes e jovens em alta vulnerabilidade com o foco na prevenção da violência e na reinserção desse público após as medidas socioeducativas.

EUA
A cidade americana de Los Angeles promoveu entre os dias 12 e 15 de maio a 3ª edição da Conferência sobre Gangues de Los Angeles: Prevenção e Intervenção . O evento reuniu especialistas, representantes de ONGs e autoridades internacionais para discutir as causas fundamentais da violência entre os jovens e suas potenciais soluções. O evento é uma iniciativa da Coalizão para a Prevenção da Violência de Los Angeles.

O Instituto Sou da Paz foi um dos participantes do painel “Intervenções urbanas específicas para reduzir e prevenir a violência” e pôde compartilhar as experiências do Instituto neste tema, como o Grupo de Trabalho Intersetorial (GTI) - de fortalecimento e articulação comunitária - e o projeto Praças da Paz, realizado entre 2003 e 2011 com o objetivo de estimular a recuperação e ocupação democrática de espaços públicos em cinco regiões de São Paulo.