Voltar

26/03/2015

Conheça os projetos premiados no 6ª Prêmio Polícia Cidadã

Desde 2003 o Instituto Sou da Paz, através do Prêmio Polícia Cidadã, identifica e premia boas práticas policiais, que contribuem diretamente para a redução da criminalidade, procurando superar problemas operacionais e de gestão dentro da instituição policial.  

Conheça os projetos contemplados na última edição do Prêmio que tiveram como foco a redução do crime de roubo:

AÇÕES PREMIADAS NO 6º PRÊMIO POLÍCIA CIDADÃ:

>Sistema de alertas de veículos com restrições criminais

Aproveitando a infraestrutura existente e câmeras do município de Guarulhos, a Polícia Militar realizou um convênio com a Prefeitura, que passou a enviar os dados das placas dos veículos que trafegavam pelas vias monitoradas. Todas estas placas são pesquisadas e, existindo restrições criminais, uma mensagem é enviada automaticamente para os terminais móveis das viaturas que estejam na proximidade do local onde a imagem foi registrada. Essa mensagem, além de incluir dados do veículo, traz também o sentido do mesmo, facilitando a busca. Em um período de monitoramento de 15 dias, o projeto resultou em sete veículos recuperados, 14 pessoas presas em flagrante, além de armas apreendidas. Mesmo os casos que não resultam em apreensão são utilizados para a elaboração de relatórios analíticos de mapeamento da rota entre o local de desaparecimento e o último local com informação. 

>Estratégias de planejamento operacional e ações preventivas voltadas à redução dos índices de roubo na zona rural da região de Bauru

Após a elaboração de um diagnóstico sobre os crimes de roubo até então praticados, o trabalho desenvolvido pela Polícia Ambiental da região de Bauru foi reestruturado. Análise de dados, treinamento e divisão de equipes por regiões foram realizados de maneira que fosse possível aliar as atividades tipicamente ambientais com a repressão e a prevenção criminal. Para aprimorar os dados utilizados no planejamento das atividades foram agregadas informações da Polícia Civil, da sociedade e de Batalhões de Policiamento de Área vizinhos, que passaram a também atuar em operações conjuntas. A aproximação com os meios de comunicação possibilitou a divulgação das atividades desenvolvidas e com isso as tornaram visíveis à comunidade. Essa reestruturação do trabalho desenvolvido pela polícia ambiental promoveu a redução significativa do número de roubos. 

>A modernização da investigação e a efetiva redução de roubos através do ambiente virtual

A ação foi iniciada no final de 2011, após a análise da incidência criminal nos bairros Brooklin, Campo Belo, Monções, Vila Olímpia e Moema, na Capital. Tal análise apontava um aumento acentuado nos crimes contra o patrimônio, principalmente “sequestro relâmpago”. As investigações policiais pautaram-se na utilização de tecnologia, mais precisamente ferramentas de pesquisa da Polícia Civil e análise das redes sociais. A ação contou com a participação da Polícia Militar e com informações das vítimas e de estabelecimentos comerciais. A integração entre as polícias se deu com objetivo de elucidar os crimes, desvendar autorias, identificar possíveis comparsas, localizar criminosos e, principalmente, conseguir uma coleta mais robusta de provas. 

>Projeto Você e a Polícia

O objetivo deste projeto desenvolvido pelo 11º BPM/I, na região de Jundiaí, Itupeva e Cabreúva, é oferecer instrumentos de gestão para aumentar a capacidade operacional por meio de um planejamento mais adequado à realidade local.

Este objetivo é desenvolvido através da preparação do efetivo, coleta e criação de um banco de dados relativo ao crime de roubo e o acompanhamento das vítimas.

Após a instrução específica dos policiais em relação a como proceder no contato com as vítimas, o preenchimento de uma planilha criada especificamente para essa finalidade traz ao conhecimento dos policiais as características dos autores dos crimes, seu modo de atuação, além de outros dados importantes. Isto permite um planejamento mais adequado do patrulhamento e atividades a serem realizados.

A sociedade participa do processo como a fonte principal de dados e informações. Todo o projeto é desenvolvido para ouvir o cidadão e oferecer uma resposta sobre as medidas tomadas. Além disso, o compartilhamento de informações com a Polícia Civil e a Guarda Municipal também fazem parte desta ação. 

>Operação Sedex

Com a popularização da internet, o mercado virtual teve grande expansão, atraindo o interesse de quadrilhas criminosas que se especializaram no roubo de produtos comercializados virtualmente e entregues pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios).

O então alto índice de roubo envolvendo os Correios impulsionou análise realizada pelo 101º DP da Capital para coletar e entender dados relativos às características físicas dos autores de roubos, as áreas de atuação e o modo de atuação empregado durante as ações criminosas. Através de procedimentos de reconhecimento fotográfico e/ou pessoal e acompanhamento policial das entregas, o projeto teve sucesso ao identificar e prender diversos criminosos.

Além disso, a colaboração da própria Empresa dos Correios e de seus funcionários teve papel fundamental, uma vez que essa parceria possibilitou uma maior integração entre a polícia e as vítimas. 

Clique aqui para mais informações do Prêmio Polícia Cidadã.