Voltar

A ocupação democrática e diversa de espaços públicos contribui para a convivência pacífica na cidade e influencia a segurança das pessoas. De 2003 a 2011, o Instituto Sou da Paz desenvolveu, implementou, avaliou e disseminou uma metodologia que valoriza esse tipo de ocupação.

Ao todo foram revitalizadas 5 praças públicas da periferia de São Paulo com a participação da comunidade e da juventude. Os moradores se envolveram em todo o processo: do planejamento da reforma à organização de atividades de esporte, cultura e lazer. Conheça todo o material produzido nesta seção.