Voltar

O uso da força é característica definidora da atuação da polícia: ela é a única instituição que tem, por lei, esta prerrogativa.  Em todas as suas ações e procedimentos, o policial utiliza algum grau de força e é por isso que este uso precisa ser regulado, controlado e monitorado cotidianamente. Este é um dos focos de trabalho do Sou da Paz com a polícia.

No primeiro semestre de 2012, por meio do edital do Ministério da Justiça “Pensando a Segurança Pública”, realizamos a pesquisa “Regulações sobre o Uso da Força pelas Polícias Militares dos Estados de São Paulo e Pernambuco” com o objetivo de mapear como estas duas polícias regulam o nível de força usado pelos seus agentes em termos de formação, normatização, procedimentos e controle.