Voltar

Com o intuito de melhor compreender o fenômeno e poder propor soluções eficazes, o Sou da Paz acompanha as estatísticas oficiais sobre roubos, as pesquisas de vitimização e outros estudos realizados sobre o tema para identificar quais os públicos mais afetados, os locais de maior concentração e o perfil dos envolvidos com esses crimes. Também procura analisar, a partir de dados oficiais, como as instituições responsáveis pela prevenção e controle desse crime têm atuado.