CONTATO

Entre em contato pelo telefone
(11) 3093-7333, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h; pelo
e-mail atendimento@soudapaz.org, ou envie uma mensagem por meio do formulário a seguir:


Assessoria de Imprensa

Izabelle Mundim
izabelle@soudapaz.org


Desejo receber as newsletters do Instituto Sou da Paz.

NOTÍCIAS

Sou da Paz participa de debate sobre uso de dados raciais

10 de junho de 2015 às 03:29

Na última semana o Instituto Sou da Paz participou do workshop “Aperfeiçoamento de Coleta de Dados Raciais na Segurança Pública”, que debateu a importância de mapear informações étnico-raciais entre as estatísticas de violência. Realizado no Espírito Santo, o evento reuniu cerca de 50 técnicos e especialistas em segurança pública.

O estado fará parte de uma pesquisa do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) que vai investigar porque o negro no Brasil sofre mais violência que outras raças. Segundo Daniel Cerqueira, diretor do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), que participou do debate, o Espírito Santo é o segundo estado com a maior letalidade de negros no país. O levantamento completo do BID será divulgado em meados de 2016 e também contará com resultados de Minas Gerais, Colômbia, Trinidad e Tobago.

Na ocasião, Stephanie Morin, coordenadora de Gestão do Conhecimento do Sou da Paz, apresentou os dados regionais do estado e destacou a relevância da integração de diversos atores na coleta de informações sobre o quesito “raça/cor”, “é essencial a participação de policiais que atuam desde o local do crime até a produção da estatística criminal. A atuação de todos os envolvidos enriquece o mapeamento dos dados”, afirma.

Ainda no encontro com representantes da segurança pública do Espírito Santo, o Sou da Paz apresentou a pesquisa inédita sobre os homicídios dolosos no estado, com o objetivo de aprofundar o conhecimento sobre o fenômeno. A pesquisa joga luz sobre as dinâmicas e circunstâncias de mortes provocadas em 2013, com a finalidade de aprimorar a política de redução de homicídios no estado.

Clique aqui para conferir a pesquisa completa. 

QUER FAZER PARTE?

APOIE O SOU DA PAZ

A Paz na Prática acontece com você.

#SouDaPaz

Participe das nossas redes sociais