Voltar

03/03/2017

Promovido pelo Sou da Paz, encontro busca fortalecer a Prestação de Serviços Comunitários na Brasilândia

No dia 23 de fevereiro, aconteceu o I Encontro Fortalecendo a Prestação de Serviços à Comunidade (PSC) na Brasilândia, realizado pelo Instituto Sou da Paz. O evento debateu a PSC com os três serviços de medidas socioeducativas da região e convidados que representam Unidades Acolhedoras vinculadas a áreas como saúde, educação, assistência social e cultura, com o objetivo de potencializar o trabalho em rede para o acompanhamento desta medida socioeducativa visando a melhores resultados de prevenção à violência.

Também estiveram presentes representantes da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, do Centro de Referência Especializado de Assistência Social Freguesia do Ó/Brasilândia, da Diretoria de Ensino Norte 1 e do Distrito de Saúde Freguesia do Ó/Brasilândia. As professoras Fernanda Vale e Elaine da Silva e os psicólogos João Baring e Fábio Silvestre contribuíram como facilitadores do encontro, promovendo o diálogo sobre a importância de melhorias na prática da PSC na Brasilândia.

Beatriz Saks, coordenadora de projetos sociais do Sou da Paz, e participantes do Encontro.

A PSC é uma das medidas socioeducativas que podem ser atribuídas aos adolescentes que cometem atos infracionais. O objetivo desta medida é apoiar o adolescente a desenvolver uma atividade de modo a contribuir, por meio dela, para a comunidade onde está inserido. “O grande desafio é articular esta atividade ao desenvolvimento de habilidades destes adolescentes que, ao mesmo tempo, os ajudem a não retomar ações ilícitas e contribua para que se sintam pertencentes ao local no qual residem, que passa a ser mais protetor para o próprio atendido e para si mesma”, afirma Beatriz Saks, coordenadora de projetos sociais do Sou da Paz. “Diante disso, nosso objetivo é fortalecer esse tipo de medida por meio de parceiros estratégicos, como as Unidades Acolhedoras”, completa.